BrasilMato Grosso do SulParanáSegurança

PF deflagra 11ª fase da Operação Lesa Pátria para investigar financiadores dos atos de 08/01

[Foto: Richard Souza / GE]

A Polícia Federal iniciou nesta quinta-feira (11/05), a 11ª fase da Operação Lesa Pátria, que tem como objetivo identificar e responsabilizar as pessoas que financiaram e fomentaram os atos ocorridos no dia 8 de janeiro em Brasília, quando o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal foram invadidos por indivíduos que promoveram violência e danos generalizados contra as instituições.

Ao todo, estão sendo cumpridos 22 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Mato Grosso do Sul e Paraná, expedidos pelo Supremo Tribunal Federal.

Os fatos investigados constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

As investigações continuam em curso e a Operação Lesa Pátria se torna permanente, com atualizações periódicas acerca do número de mandados judiciais expedidos, pessoas capturadas e foragidas.

Durante as investigações, foram apreendidos oito veículos, U$ 140.000,00, R$ 48.850, 22 armas e diversos celulares e passaportes. Além disso, uma prisão em flagrante foi realizada por posse ilegal de arma.

O bloqueio de bens, ativos e valores dos investigados foi determinado até o limite de R$ 40 milhões para cobertura e ressarcimento dos danos causados ao patrimônio público.

A Operação Lesa Pátria se torna permanente, com atualizações periódicas acerca do número de mandados judiciais expedidos, pessoas capturadas e foragidas.

As investigações têm como objetivo identificar os responsáveis pelo financiamento e fomento dos atos, além de responsabilizar aqueles que participaram diretamente da ação de vandalismo e destruição de patrimônio público do dia 8 de janeiro.

Com informações da Coordenação-Geral de Comunicação Social da PF.

Deixe um comentário

error: Não é possível copiar.