Rio de JaneiroSegurança e Defesa Civil

PM inicia treinamento compulsório para ações de abordagem, visando reduzir danos

[Foto: Divulgação / Núcleo de Comunicação de Interior Gov RJ]

Na busca por aprimorar a segurança nas ações de abordagem de veículos em vias públicas, a Secretaria de Estado de Polícia Militar do Rio de Janeiro deu início, nesta segunda-feira (21/08), a um treinamento extraordinário e compulsório destinado a todos os policiais envolvidos em ocorrências que resultaram em óbito ou lesão corporal grave.

Com o objetivo de aprimorar a eficácia das operações policiais e, ao mesmo tempo, reduzir danos, cerca de 70 policiais militares estão participando desta edição do Estágio de Aplicações Táticas (EAT), um treinamento ministrado no Centro de Instrução Especializada e Pesquisa Policial (CIEsPP) da Corporação. Vale ressaltar que entre os participantes, estão tanto policiais que já estavam matriculados previamente quanto outros convocados compulsoriamente.

O EAT é um programa de uma semana que envolve um total de 56 horas de instrução, abrangendo disciplinas práticas e teóricas. Seu principal propósito é equipar os policiais com as habilidades necessárias para conduzir abordagens de veículos com maior eficácia, minimizando ao máximo ocorrências graves, como óbitos e lesões corporais severas.

O coronel Luiz Henrique Marinho Pires, secretário da SEPM, destacou a importância da capacitação contínua da tropa, particularmente no aprimoramento dos policiais militares que atuam na linha de frente das operações. Ele ressaltou que a estratégia do comando da Corporação visa aprimorar constantemente os protocolos de treinamento para proporcionar um serviço cada vez mais eficiente à sociedade.

Durante a abertura do EAT desta semana, no pátio do CIEsPP, em Ramos, o coronel Marco Andrade, porta-voz da SEPM, enfatizou que mais de dois mil policiais militares já passaram por esse treinamento entre o ano passado e o primeiro semestre deste ano. Isso demonstra o compromisso da Corporação em aprimorar suas práticas e procedimentos.

A grade curricular do Estágio de Aplicações Táticas abrange uma variedade de disciplinas essenciais, incluindo Direito Operacional, Psicologia Operativa, Tecnologias de Menor Potencial Ofensivo, Atendimento Pré Hospitalar Tático, Abordagem de Pessoas, Edificações e Veículos, bem como Segurança Preventiva.

A iniciativa da Polícia Militar do Rio de Janeiro visa garantir que suas operações de abordagem sejam conduzidas de maneira segura e eficiente, proporcionando maior tranquilidade à sociedade durante as ações policiais nas vias públicas.

Com informações da Coordenadoria de Comunicação Social da SEPM.

error: Não é possível copiar.