Rio de JaneiroSegurança

Operação Maré: apreensões e prisões continuam no terceiro dia de ação

[Foto: Rafael Campos / Gov RJ]

Na terceira etapa da Operação Maré, deflagrada nesta quarta-feira (11/10), as forças estaduais de segurança têm obtido avanços consideráveis no combate ao crime organizado. Até o meio-dia, foram apreendidos 6 fuzis, sendo 5 no Chapadão e 1 na Cidade Alta, além de 3 pistolas no Complexo da Maré. As ações também resultaram em 12 prisões, com 6 detenções no Complexo do Chapadão, 3 na Maré e 3 no Parque das Missões, em Duque de Caxias. Adicionalmente, mais de 3 toneladas de barricadas foram retiradas em 17 pontos do Complexo da Maré, e 3 veículos foram recuperados em Duque de Caxias.

As operações das equipes estenderam-se por comunidades da Zona Norte do Rio de Janeiro, incluindo a Cidade Alta, Cinco Bocas, Pica Pau, Complexo do Chapadão e cinco pontos do Complexo da Maré. O foco desta fase é a prisão de criminosos que buscaram refúgio em outras localidades, o cumprimento de mandados de prisão e a retomada de territórios.

O governador Cláudio Castro enfatizou o empenho das forças de segurança em desmantelar essas organizações criminosas, sublinhando que, somente hoje, 12 indivíduos envolvidos em diversas atividades criminosas na capital e na Baixada Fluminense foram detidos. Ele ressaltou que os prejuízos causados a essas organizações já atingiram cerca de R$ 20 milhões. O uso de inteligência aliada à tecnologia é destacado como o caminho mais eficaz para enfraquecer a atuação desses grupos.

Os resultados da Operação Maré desde segunda-feira (9/10) já são expressivos, com prejuízos superando os R$ 20 milhões para as organizações criminosas. Foram descobertos e fechados laboratórios de refino de drogas, depósitos de medicamentos, entorpecentes e material para preparo. Além disso, foram retiradas 42 toneladas de barricadas do Complexo da Maré. Entre os destaques nas apreensões, estão 100 quilos de pasta base de cocaína, mais de meia tonelada de maconha e drogas sintéticas, bem como plantações de skunk e estufas de maconha.

O balanço consolidado da Operação Maré abrange um total de 13 fuzis apreendidos, 2 simulacros de armas de fogo, 5 pistolas, dezenas de artefatos explosivos e diversos rádios comunicadores. Além disso, 24 pessoas foram presas, 101 veículos (carros e motos) foram apreendidos, e medidas de controle no sistema prisional foram reforçadas, resultando na apreensão de 248 aparelhos celulares e 2 quilos de entorpecentes.

A Operação Maré representa uma das maiores ações já realizadas, unindo tecnologia, inteligência e investigação para enfrentar o crime organizado e garantir a segurança da população. Drones com câmeras que fazem mapeamento em 3D e uma câmera com zoom de longo alcance são exemplos dos recursos tecnológicos utilizados, proporcionando maior eficiência e precisão nas operações.

error: Não é possível copiar.