Fiocruz alerta para “colapso” no sistema de saúde do Rio de Janeiro

[Foto:Marcos de Paula/Prefeitura do Rio]

Em nota técnica divulgada nessa quarta-feira (02/12), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), afirmou que a cidade do Rio de Janeiro esta próxima a sofrer um colapso no sistema de saúde. A nota se refere a rede de hospitais e também de atenção básica e ao sistema de vigilância em saúde do município.

Especialistas da Fiocruz apontam que o motivo do alerta é o “excesso de mortalidade” registrado no município. Apenas na quarta-feira, a Secretaria Estadual de Saúde informou mais de 3 mil casos confirmados de COVID-19, sendo 81 obtidos em 24 horas.

De acordo com a nota, a cidade registrou um aumento de cerca de 4.000 óbitos em domicílios a mais que o esperado para esse período e foram registrados ainda, 1.800 óbitos em decorrência de falta de assistência médica e causas mal definidas, a mais que o esperado.

O pesquisador de saúde pública e vice-diretor do Instituto de Comunicação e Informação em Saúde (Icict/Fiocruz), Christovam Barcello, informou que a maioria dos obtidos registrados na cidade ocorrem fora de UTIs, indicando a incapacidade do sistema municipal de Saúde do Rio de Janeiro em atender casos considerados graves da doença e acrescentou: “Indicam ainda que podemos estar perto de um novo colapso do sistema, pois os novos casos, que irão gerar maior demanda de atendimento, estão aumentando rapidamente, de forma muito preocupante”.

A nota explica ainda, que o município do Rio de Janeiro ultrapassou a cidade de São Paulo em número de óbitos por COVID-19 registrados nas ultimas duas semanas, sendo 505 no Rio e 404 em São Paulo. A publicação lembra que São Paulo é o município que mais apresentou indices elevados da doença desde o início da pandemia.

Segundo a Fiocruz, mesmo ocorrendo uma “ligeira” tendência de queda no Rio, a ocorrência de picos da doença desde o mês de agosto, deixam claros que a cidade esta vulnerável a novos surtos ou ate mesmo a retomada dos padrões de transmissão do inicio do ano.

Deixe uma resposta

English EN Portuguese PT Spanish ES
error: Não é possível copiar.