Rio de JaneiroSegurança

Mais segurança para Copacabana, determina o governador

O governador Cláudio Castro determinou um reforço nas ações de segurança no bairro de Copacabana, anunciado durante reunião da cúpula da segurança pública no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da Polícia Militar. A operação conjunta envolve forças estaduais, a prefeitura e outros órgãos da sociedade civil, visando a efetividade das ações.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Victor dos Santos, enfatizou a importância da sinergia entre as entidades para o sucesso das operações, reiterando o compromisso com a população na transparência e no aumento da sensação de segurança.

Entre as estratégias destacadas, a reorganização do efetivo em áreas sensíveis de Copacabana foi mencionada, incluindo um aumento nas abordagens como medida de combate à criminalidade. O secretário de Estado da Polícia Militar, coronel Luiz Henrique Pires, ressaltou que a segunda fase das ações, com enfoque noturno, já está em andamento.

O secretário de Estado de Governo, Bernardo Rossi, anunciou a ampliação da ação do Programa Segurança Presente e o aumento das abordagens no bairro como parte do reforço na segurança.

Além disso, a Polícia Civil identificou o agressor de um idoso em Copacabana, destacando a necessidade de revisão na legislação penal. O secretário de Estado de Polícia Civil, Marcos Amim, mencionou o extenso histórico criminal do suspeito e a importância do processo de investigação.

A diretora-geral do Departamento de Polícia da Capital, delegada Raissa Celles, informou que a Polícia Civil está investigando as ações dos “justiceiros de Copacabana” e pediu confiança da população nas instituições de segurança pública.

error: Não é possível copiar.