Rio de JaneiroSegurança

Governo do RJ inaugura “Espaço Ser Feliz”, para crianças vítimas de abuso e violência doméstica

[Fotos Luis Alvarenga / Governo do RJ]

A Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV), do Governo do Estado do Rio de Janeiro, inaugurou o “Espaço Ser Feliz” na última sexta-feira (02/06). Localizado na própria delegacia, no Centro do Rio, o espaço foi desenvolvido em parceria com o Instituto Anjos Maura de Oliveira e tem como objetivo acolher crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual e violência doméstica. Durante a inauguração, a primeira-dama do estado e presidente de honra do RioSolidario, Analine Castro, foi nomeada madrinha do local.

O “Espaço Ser Feliz” foi projetado para oferecer um ambiente acolhedor, onde as crianças e adolescentes possam encontrar conforto e apoio durante o processo de recuperação. O espaço está equipado com materiais pedagógicos, educativos e lúdicos, incluindo uma variedade de brinquedos, além de uma estrutura visual projetada especificamente para a infância. O objetivo é estimular a expressão de sentimentos e promover o desenvolvimento saudável das vítimas.

Durante a cerimônia, a primeira-dama do Estado, Analine Castro, ressaltou a importância desse novo ambiente na DCAV. Ela destacou a necessidade de oferecer um ambiente seguro e acolhedor para as crianças vítimas de abuso ou violência sexual, onde elas se sintam protegidas, apoiadas e respeitadas. A primeira-dama reafirmou o compromisso de trabalhar em conjunto para garantir que essas crianças sejam ouvidas e recebam o suporte necessário durante sua jornada de recuperação.

A idealizadora do Instituto Anjos, Sra. Maura de Oliveira, que dá nome à Lei Estadual 9.234/21 de Combate e Prevenção ao Abuso e Exploração Sexual Infantil, destacou a importância de combater esse problema desde a raiz. Ela, que foi vítima de abuso na infância, enfatizou a necessidade de união da sociedade para mudar a consciência coletiva por meio do conhecimento. Maura ressaltou que uma criança que tem conhecimento desde cedo dificilmente será vítima de abuso, e os pais devem conhecer bem seus filhos para prevenir esse problema desde o início.

O delegado titular da DCAV, Luiz Henrique Marques, ressaltou a importância do “Espaço Ser Feliz” para o trabalho efetivo da delegacia. Ele destacou que um ambiente acolhedor e cuidadosamente projetado permitirá que a criança se sinta à vontade, quebrando a tensão de um ambiente policial. Isso contribuirá para um trabalho mais eficaz da equipe, que cuidará não apenas das investigações, mas também do bem-estar emocional das vítimas. O delegado enfatizou a importância dos depoimentos das crianças e como eles são fundamentais para a investigação desses casos.

A inauguração do “Espaço Ser Feliz” representa um avanço significativo na proteção e no acolhimento das crianças e adolescentes vítimas de abuso e violência doméstica no estado do Rio de Janeiro. O ambiente propício para a recuperação emocional dessas vítimas visa proporcionar um caminho de esperança e apoio durante o processo de superação dessas experiências traumáticas.

Deixe um comentário

error: Não é possível copiar.