Governador do RJ afirma que “nunca foi favorável a lockdown”

[Foto: Aline Souza/GE]

Através de publicação em uma rede social nessa quarta-feira (20), o Governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afirmou que “nunca foi favorável a lockdown”.

O lockdown é a medida radical de distanciamento social, onde acontece um bloqueio total e as pessoas devem permanecer em suas casas durante o período em que o Governo julgar necessário. No Brasil, alguns estados têm adotado medidas nesse sentido, com o objetivo de diminuir o número infectados pelo novo coronavírus.

No inicio do mês de maio, o Governador anunciou a publicação de um novo decreto recomendando que os prefeitos dos 92 município do estado adotem “algum tipo de lockdown” com a finalidade de diminuir a curva de contaminação. Na mesma ocasião, Witzel lembrou que o isolamento social é uma ação com o intuito de salvar vidas e se faz necessário em todo o mundo durante esse momento de pandemia.

Na mesma semana, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) enviou ao Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ) um relatório recomendando ações para a adoção de lockdown no estado. No entanto, Witzel informou que o estado estava adotando medidas para minimizar a circulação de pessoas desde o dia 13 de março e lembrou que apenas comércios considerados essenciais como mercados e farmácias estavam autorização para funcionar no estado.

Leia também: Governador do Rio de Janeiro recomenda “algum tipo de lockdown” nos municípios do estado

No texto dessa quarta-feira (20), publicado pelo Governador no Twitter, Witzel diz que é fake news dizer que o Projeto de Lei que foi votado na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ), instituindo o lockdown no Estado seria apoiado por ele. De acordo com Witzel, o PL é do Deputado Estadual Renan Ferreirinha e ele chegou a recomendar que a base do Governo na ALERJ votasse contra a medida. O Governador acrescentou: “E vencemos”.

O Projeto de Lei que autoriza o Governo do Estado a determinar o lockdown foi votado na Assembleia Legislativa na terça-feira (19), sendo rejeitado pelos Parlamentares. Foram 55 votos contrários, 13 abstenções e um voto favorável. O único voto a favor, foi do autor de Projeto.

Leia também: Projeto de Lei que autoriza lockdown no estado do Rio de Janeiro é rejeitado na ALERJ

O Governador ressaltou ainda, que, o desejo do Governo é que o estado volte a sua normalidade. “E seguiremos firmes no enfrentamento da pandemia até restaurarmos a normalidade em nosso dia a dia. Para que as pessoas voltem a trabalhar. Seguimos concentrados em salvar vidas. E faremos os ajustes necessários”, disse.

Deixe uma resposta

English EN Portuguese PT Spanish ES
error: Não é possível copiar.