Rio de JaneiroSegurança e Defesa Civil

Divulgado balanço da Operação Especial de Grandes Eventos realizada no feriado prolongado

[Foto: Rafael Wallace / Gov RJ]

Durante o último feriado prolongado, o Governo do Estado divulgou um balanço da impressionante operação especial de segurança que envolveu mais de 9 mil agentes em uma missão integrada. A ação, que ocorreu de 2 a 4 de novembro, teve como foco garantir a ordem e a segurança em meio a um grande fluxo de turistas no Rio de Janeiro.

O que começou como uma missão de alto risco, devido à final da Conmebol Libertadores, entre Fluminense e Boca Juniors, resultou em uma operação de sucesso. Um total de 38 pessoas foram conduzidas para a delegacia e 15 foram presas durante o período. Esses números refletem a eficiência e o profissionalismo das forças de segurança envolvidas na operação, incluindo a polícia militar, polícia civil, bombeiros e agentes do programa Segurança Presente.

O governador Cláudio Castro destacou a importância da operação, mencionando que a integração das forças de segurança reforça a capacidade do Rio de Janeiro em sediar grandes eventos. O estado demonstrou sua eficácia em manter a ordem e a segurança durante um período de grande aglomeração de turistas e torcedores.

Além de garantir a segurança durante a final da Conmebol Libertadores, a operação também atuou em eventos adicionais, como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que ocorreu no domingo. O grande esquema de segurança implementado continuará a ser utilizado na festa de comemoração do título pelo Fluminense, prevista para o dia 12 de novembro no Centro da Cidade.

A operação também abordou questões de intolerância racial, com a prisão de um torcedor por injúria racial a uma estudante de 17 anos. A polícia civil está investigando dois outros casos relacionados a intolerância racial.

A atuação do Corpo de Bombeiros também desempenhou um papel essencial na operação, realizando cerca de 150 salvamentos marítimos em Copacabana durante o feriado prolongado.

Para melhorar a gestão de políticas públicas e garantir a segurança em eventos futuros, a Secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro (Setur-RJ) e a TurisRio anunciaram a criação do Grupo de Trabalho de Apoio aos Eventos de Negócios Corporativos. Esse grupo atuou durante o feriado prolongado e funcionará como um instrumento de diálogo entre a sociedade civil e o governo do estado, com o objetivo de monitorar e melhorar a gestão de políticas públicas.

error: Não é possível copiar.