BrasilPolíticaSegurança

Afirmando ter preservado “Forças Armadas como instituições de Estado”, Ministro da Defesa deixa o cargo

[Foto: Clauber Cleber Caetano / PR]

Fernando Azevedo e Silva deixou o cargo de Ministro da Defesa nesta segunda-feira (29/03). O Ministério da Defesa divulgou nota oficial na qual o então ministro afirmou ter tido total dedicação ao cargo e ter, no período de sua gestão da pasta, preservado “as Forças Armadas como instituições de Estado”.

Na nota, que é encerrada pela afirmação da certeza de missão cumprida, Azevedo e Silva não informa o motivo de sua saída.

Confira abaixo o texto da nota oficial de Fernando Azevedo e Silva.

“Agradeço ao Presidente da República, a quem dediquei total lealdade ao longo desses mais de dois anos, a oportunidade de ter servido ao País, como Ministro de Estado da Defesa.
Nesse período, preservei as Forças Armadas como instituições de Estado.
O meu reconhecimento e gratidão aos Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, e suas respectivas forças, que nunca mediram esforços para atender às necessidades e emergências da população brasileira.
Saio na certeza da missão cumprida.”

Fernando Azevedo e Silva

Deixe um comentário

error: Não é possível copiar.