Rio de JaneiroSegurança

Operação Maré: aumentam as apreensões e prisões feitas pelos policiais

[Foto: Rafael Campos / Gov Rj]

Na última semana, uma grande operação policial foi desencadeada na região da Maré, no Rio de Janeiro, visando desarticular organizações criminosas atuantes na área. Os resultados dessa ofensiva foram expressivos, com apreensões significativas de drogas, armamentos e prisões de suspeitos, resultando em um prejuízo estimado em R$ 20 milhões para os grupos criminosos.

As autoridades encontraram um laboratório de refino de drogas e fabricação de explosivos no Complexo da Maré, Parque União, e um local utilizado para armazenamento de medicamentos, drogas e materiais destinados à embalagem de entorpecentes na Nova Holanda. Além disso, foram retiradas cerca de 69 toneladas de barricadas na região.

A apreensão de mais de 100 quilos de pasta base de cocaína em um galpão próximo à Vila Cruzeiro foi um dos destaques, avaliada em R$ 12 milhões. Além disso, houve a apreensão de mais de meia tonelada de maconha e drogas sintéticas, bem como de uma plantação de skunk em um imóvel na Vila do João e duas estufas de maconha na Maré.

O arsenal apreendido incluiu 14 fuzis, 9 pistolas, artefatos explosivos e rádios comunicadores, sinalizando a sofisticação das organizações criminosas. Ao todo, 25 pessoas foram presas durante a operação, e mais de 100 veículos, entre motos e carros, foram apreendidos.

Além das ações no terreno, a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP) também desempenhou um papel crucial, mantendo os bloqueadores de sinal ativados nos presídios, fortalecendo as medidas de segurança no âmbito carcerário.

Essa operação representa um avanço significativo no combate ao crime na região, trazendo um impacto financeiro considerável para as organizações criminosas e demonstrando a determinação das forças de segurança em promover a segurança e a ordem pública na cidade.

error: Não é possível copiar.