Rio de JaneiroSegurança

Governo do RJ anuncia medidas para garantir segurança nas escolas

[Foto: Rafael Campos / Divulgação / Governo do RJ]

O governador Cláudio Castro anunciou, nesta quinta-feira (30), a criação de um Comitê Permanente de Segurança Escolar com representantes de vários órgãos do governo e entidades civis. O objetivo é implantar ações para identificar e evitar situações de violência nas escolas públicas e privadas do Rio.

Durante o encontro com integrantes das áreas de Segurança e Educação, foi apresentado o aplicativo ‘Rede Escola’, inspirado no app ‘Rede Mulher’, desenvolvido pela Polícia Militar. A ideia é que, em até dois meses, o aplicativo esteja já em operação, conectando os profissionais da rede de ensino à Polícia Militar. Através da ferramenta, professores e funcionários das escolas poderão fazer denúncias e acionar um botão de emergência.

Como tenho afirmado, a educação é prioridade do nosso governo. Sem educação, não vamos a lugar nenhum. Por isso, estamos criando esse comitê para garantir mais proteção às nossas crianças, jovens e profissionais que trabalham na rede. Os pais precisam ter a tranquilidade de saber que seus filhos vão chegar em casa em segurança – disse o governador, acrescentando que o Bope e a Core, que têm experiência em gerenciamento de crises, também irão treinar os professores para que eles atuem em casos de prevenção e de emergência.

Outra medida anunciada é a criação de um grupo de trabalho, na área de inteligência da Polícia Civil, para apuração de casos de incitação à violência em escolas nas redes sociais. Essas ações serão complementadas com os programas já existentes, como a Patrulha Escolar e o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), ambos da Polícia Militar, e o Segurança Presente, da Secretaria de Governo.

Estamos vivendo um momento de reflexão que requer ação imediata não só do poder público, mas de toda sociedade. Queremos uma cultura de paz nas escolas que combata as diversas formas de violências. Neste aspecto teremos ações tecnológicas, administrativas e de formação da comunidade escolar – afirma a secretária estadual de Educação, Roberta Barreto.

Participaram da reunião, no Palácio Guanabara, entre outros, os secretários de Polícia Militar, coronel Henrique Pires, de Polícia Civil, Fernando Albuquerque, o de Governo, Bernardo Rossi, Defesa Civil, Leandro Monteiro, o reitor da Uerj, Mario Sergio, e o secretário municipal de Educação, Renan Ferreirinha.

Deixe um comentário

error: Não é possível copiar.