Vacinas aplicadas vencidas foram entregues na validade ao PNI do Ministério da Saúde, segundo Fiocruz

[Foto: Arquivo / Aline Souza / GE]

Em nota oficial divulgada nesta sexta-feira (02/07), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) afirma que doses da vacina AstraZeneca, aplicadas fora da validade, foram entregues ao Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde em janeiro e fevereiro de 2021, dentro do prazo de validade.

A nota informa ainda que as doses não foram produzidas pela Fiocruz. Parte dos lotes aplicados vencidos foram importados prontos do Instituto Serum, da Índia, com nome comercial de Covishield e outra parte foi fornecida pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS).

Confira abaixo a relação dos lotes que teriam sido aplicados vencidos.

  • Lote: 4120Z001 (vencido em 29 de março de 2021);
  • Lote: 4120Z004 (vencido em 13 de abril de 2021);
  • Lote: 4120Z005 (vencido em 14 de abril de 2021);
  • Lote: CTMAV501 (vencido em 30 de abril de 2021);
  • Lote: CTMAV505 (vencido em 31 de maio de 2021);
  • Lote: CTMAV506 (vencido em 31 de maio de 2021);
  • Lote: CTMAV520 (vencido em 31 de maio de 2021);
  • Lote: 4120Z025 (vencido em 4 de junho de 2021);

Confira abaixo a nota divulgada pela Fiocruz.

“Em relação à informação de que doses da vacina AstraZeneca teriam sido aplicadas fora da validade, a Fiocruz esclarece que os referidos lotes não foram produzidos pela instituição. Parte dos lotes (com numeração inicial 4120Z) é referente aos quantitativos importados prontos do Instituto Serum, da Índia, chamada de Covishield, e entregues pela Fiocruz ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde (MS) em janeiro e fevereiro deste ano. Os demais lotes apontados foram fornecidos pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS).
Todas as doses das vacinas importadas da Índia (Covishield) foram entregues pela Fiocruz em janeiro e fevereiro dentro do prazo de validade e em concordância com o MS, de modo a viabilizar a antecipação da implementação do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, diante da situação de pandemia. A Fiocruz está apoiando o PNI na busca de informações junto ao fabricante, na Índia, para subsidiar as orientações a serem dadas pelo Programa àqueles que tiverem tomado a vacina vencida.

Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)

Deixe uma resposta

English EN Portuguese PT Spanish ES
error: Não é possível copiar.