Kits de alimentação são entregues a famílias de estudantes da Rede Faetec

[Foto: Eliane Carvalho] [Texto: Núcleo de Comunicação do Interior do RJ]

Mais de três mil kits de alimentação estão sendo distribuídos pela Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), entidade vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação. Durante toda a semana, as entregas foram realizadas em 21 unidades de Educação Básica espalhadas pelo Estado do Rio. O benefício visa assistir, de imediato, os estudantes que faziam suas refeições nas escolas e foram afetados pela pandemia.

– Essa cesta chegou em boa hora – comemora Marcia Ferreira, uma das mães contempladas com o kit. Ela conta que só o marido está empregado na casa e são muitas as contas para pagar. – Nem todo mês o dinheiro dá para pagar luz, água e comprar o gás. A cesta básica alivia na hora de fazer as compras. O principal pra gente é o grosso dos alimentos – garante Márcia, mãe do aluno Rafael Alves, do 6º ano do Instituto Superior de Educação Professor (Iserj).

Para Nadja Viana, que é avó da aluna Giovanna Trotte da Educação Infantil da Rede (foto acima), a distribuição dos kits ajuda a garantir um reforço na refeição das crianças para que elas tenham uma alimentação saudável durante esse período de pandemia.

– Quero que a minha neta tenha uma alimentação correta, um crescimento correto. Eu nem digo em ter uma carne na cesta, mas só de ter um suco e um biscoito para as crianças é de muita valia pra gente – ressalta a motorista de aplicativo.

As cestas possuem cerca de 17 kg e foram montadas com 83 itens, entre eles, arroz, feijão, leite, óleo, suco, biscoito e bolo. As entregas estão sendo escalonadas e organizadas por cada escola. As unidades criam um plano de ação para que seja feita uma logística de contato com os alunos ou com um representante de sua família, para o agendamento da entrega dos insumos.

Inicialmente, os kits de alimentação serão destinados às famílias em estado de hipossuficiência, inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Assistenciais do Governo Federal. Mas, caso algum estudante com direito ao benefício não tenha sido contemplado na primeira remessa, a Faetec orienta que os pais e responsáveis atualizem os seus dados junto às unidades para que também sejam assistidos nas futuras distribuições.

Mãe de dois alunos matriculados na Faetec, Osana Pereira foi uma das primeiras a ser recebida pela equipe do Instituto Superior de Educação Professor para buscar os livros didáticos e os kits de alimentação. Para ela, que é agente comunitária de saúde e acompanha de perto os efeitos da pandemia no dia a dia das pessoas, o comportamento alimentar das crianças mudou em casa.

– Os adolescentes já são de comer muito (risos). Com a ansiedade de ficar em casa, eles acabam descontando ainda mais na alimentação. O meu filho fica muito no computador, e é toda hora beliscando. Por isso, o kit vai ajudar na hora dos lanchinhos – explica Osana, mãe de Miguel do Santos, que vê no benefício um auxílio para atender os cinco filhos e netos.  

Vale ressaltar que a gestão da Faetec está estudando a ampliação da concessão das cestas básicas. Para o presidente João Carrilho, as equipes técnicas da Fundação vêm se reinventando para melhorar a rotina dos alunos em casa.

– Foi montada uma força-tarefa dentro das escolas para que todos que estejam vulneráveis financeiramente possam ser atendidos. De forma segura, criou-se uma rede de solidariedade entre os profissionais para que as entregas ocorressem de imediato aos familiares. A alegria tem sido imensa de levarmos alimentos para quem mais precisa – conclui Carrilho.

A distribuição aconteceu na creche Casa da Criança; nas escolas fundamentais Henrique Lage, República e Visconde de Mauá; nas escolas técnicas estaduais Adolpho Bloch, Amaury Cesar Vieira, Antônio Sarlo, Ferreira Viana, Helber Vignoli Muniz, Henrique Lage, Imbariê, João Barcelos Martins, João Luiz Nascimento, Juscelino Kubitschek, Oscar Tenório, República, Santa Cruz, Visconde De Mauá; no Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro e no Instituto Superior de Educação Professor Aldo Muylaert; além da Escola Especial Favo de Mel.

Deixe uma resposta

English EN Portuguese PT Spanish ES
error: Não é possível copiar.