Após aprovação da Anvisa, primeira vacinada no Brasil é enfermeira

[Foto: Ilustrativa / Richard Souza / AN]

A primeira pessoa vacinada contra a COVID-19 no Brasil, após a aprovação do uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), foi a enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, que trabalha na UTI (setor com 60 leitos exclusivos para pacientes com formas graves da COVID-19) do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo.

Esta primeira dose de vacina foi aplicada neste domingo (17/01), pela enfermeira e mestre em Saúde Coletiva Jéssica Pires de Camargo.

Neste primeiro dia de campanha de vacinação contra COVID-19 no brasil, profissionais de saúde de hospitais de referência no atendimento de pacientes vitimas do novo Coronavírus e indígenas começaram a ser vacinados no Complexo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

A vacina utilizada foi a CoronaVac (única já disponível no Brasil), importada da China, adquirida pelo Instituto Butantan / Governo do Estado de São Paulo.

São Paulo é o primeiro Estado do Brasil a iniciar uma campanha de vacinação contra o vírus causador da atual pandemia.

O ministro da saúde, Eduardo Pazuello, anunciou que iniciará a distribuição da vacina aos demais Estados nesta segunda-feira (18/01) e definiu a data de 20 de janeiro de 2021 para o início da campanha nacional de vacinação. Sobre a aplicação da vacina hoje em São Paulo, afirmou: “Isso é uma questão jurídica que eu não vou responder agora. Quem vai dizer é a Justiça”.

Deixe uma resposta

English EN Portuguese PT Spanish ES
error: Não é possível copiar.